Total de visualizações de página

segunda-feira, 22 de setembro de 2008

EVOÉ, Jornalistas ao vento....

A turma de jornalista formados na Unipac de Teófilo Otoni está aí; peguem seus diplomas, registrem no Ministério do Trabalho e vamos lá! profissão: repórter de jornal, rádio, tevê ou web, escritor, documentaristas, seja lá o que for, ser jornalista é mutio mais, é construção de um mundo novo, com honestidade, visibilidade, pois os indivíduos passam, mas a história fica. O tempo de escola é ponto de partida, sugestão de bibliografia, projetos e práticas dos primeiros ensaios de comunicação; agora é lida, estudo compromissado consigo, pós-graduçaõ. A ética pessoal e a poética ficcional vamos aprendendo na tecitura de nossa narrativa-vida, nas navegaçõs inter-ciberespaciais, inter-conexões pelo ciberespaço. O mundo é aqui e agora: TEEÓTILO OTONI é o começo e fim desse mundo, rodeado de chão, rio, mato e gnete por todos os lados. O lugar é o onde: ITAMBARUCURI, PADRE PARÁISO, ÁGUAS FORMOSAS, FREI INOCÊNCIO, FREI GASPAR, CAMPANÁRIO, LADAINHA, ALPERCATA, GALILÉIA, ATALÉIA, OURO VERDE DE MINAS, POTÉ, MACACHETA, ÁGUA BOA, ITAÍPÉ, Rios: TODOS OS SANTOS, MUCURI, DOCE E JEQUETINHONHA, banham lugares e gentes,eos peixes estão morrendo de sede de água boa; CAPELINHA, PAVÃO, ÁGUAS FORMOSAS, MEDEIROS NETO. LEJEDÃO, NANUQUE, GOVERNADOR VALADARES e seu Pico do Ibituruna nos VÔOs LIVRE. Cada lugar canta sua liberdade, sua história o falar de seu povo. DEIXO AQUI UMA REPORTAGEM HISTÓRICA COM UM HOMEM QUE SONHOU UMA SÓ AMÉRICA ... SEU NOME: ERNESTO. DEIXOU SUA FAMÍLIA E A MEDICINA PARA LUTAR POR SEU SONHO E PAGOU COM A VIDA SEU IDEAL DE LIBEDADE. video 'CHE', embaixador de Cuba, visita o presidente Jânio Quadros, em Brasília, antes que os militares e a inteligência americana capitalista dessem o golpe de 31 demarço de 1964. Ser Jornalista nesta época era assinar atestatado de morte ou "ser cachorro do governo". "Mudam-se os tempos, mudam-se as vontades", algo assim, disse Camões. Hoje, sugiro que os concurseiros jornalistas lutem por um espaço na Esfera Pública. A opotunidade é o concurso que a Câmara Municipal de Belo Horizonte: veja o site da Fundep <http://www.fundep.br/concursos> ou da CMBH. As inscrições são pela internet (7 a 21 de outubro); taxa R$ 75,00 e salário R$2.990,78 - para 30H de serviços semanais. Conheci a palarva "concursero" aí, quando visitei a querida jornalista Rúbia Neves e seu artista marido, maestro da Orquestra Santa Cecília, Fernando. Gente Fina é outra coisa. O Aurélio ainda não incluiu o verbo concursar - arrisco concursêro, sem eira nem beira, pois o som do sertão fla mais alto nas minhas preces ao São Glauber. Em tempos de desemprego de jornalista velho, uma saída é garantir uma "boquinha" e aposentar ou então ... ir prá rua e enfrentar a fera. Como já disseram, se Karl Marx vivesse agora não estudaria o trabalho e sim o desemprego. Vou fazer uma "boquinha" no café quentinho e fumar meu paieiro enquanto seu lôbo não vem.

Um comentário:

chrispim disse...

JORNADA, JORNALISTAS, JOR-ANALISTAS.
O JORNALISMO ACABOU?
QUAL O IMPACTO DOS BLOGS NA COMUNICAÇÃO JORNALÍSTICA?
VAMO LÁ RAPAZIADA DE TEÓFILO OTONI, SIRVAM-SE DOS FATOS, ATOS, GESTOS, E PROCLAMAÇÕES DE NOTÍCIAS...