Total de visualizações de página

quarta-feira, 19 de novembro de 2008

CRISE - ROBSON CRUZOÉ

Não é a toa que a palavra crise tem duplo significado na lingua dos chinos: oportunidade e criatividade estão presentes no significado dessa palavra. Mas aqui, no ocidente, é diferente e haja Obamas e Lulas para nos fazer crer que esse momento é passageiro e que está tudo azul na América do Sul. Será que o G20 emplaca como marca de cachaça da boa? O que será que será? Com a violência dando as caras em nossas esquinas e os indivíduos se classificando entre depressivos, toxicômanos e panicados (nada a ver com os panificadores e sim com o pânico social)nos consultórios psiquiátricos e psicanalíticos, não podemos esperar muito mais do G20 que não mais uma revolução darwiniana - os mais aptos, fortes, jovens, inteligentes e bem preparados sobrevivem, os demais vivem como podem. E nós o que podemos fazer? Nonadas.

2 comentários:

Ana Paula disse...

Pior o que Nietzche disse sobre seleção darwiniana, hein...Só queria ver se meu cometário dessa vez vai e dizer que conheci uma anona pessoalmente...aind anão experimente..essa seana quem sabe...bjão!

chrispim disse...

Coma anona e fique mais perto do coração portugues que tanto amor trouxe nos mares, em nome de Pessoas, Camões, Caminhas, Vieiras, Eças e Bento Teixeira calado e falante na Torre do TOmbo de inquisições.
Lembro Nietzche: Deus morreu?
Prefiro os nove paladares da anona a ter que refletir o dito.
Se falei bobagem, reedito o desdito.
E seja sempre mui bem-vinda amiga viajante,motor deste poste.